quarta-feira, 29 de março de 2017

Brasil x Paraguai: Em dia de ovação a Tite, Neymar desencanta contra Paraguai, Brasil fica perto da Copa

Pela primeira vez, camisa 10 da Seleção marca contra o time paraguaio, e Seleção vence por 3 a 0. Técnico brasileiro é o mais festejado pela torcida na Arena Corinthians e conquista oitava vitória seguida

globoesporte.globo.com 


RESUMÃO

O JOGO
“Segura que eu quero ver!”. Com permissão de Galvão Bueno, seu bordão explica o Brasil. Coutinho pega a bola, dribla, vai pra cima, dribla de novo, tabela e gol. Neymar pega a bola passar por um, por dois, dribla, chuta e gol. Assim foi construída a vitória por 3 a 0 – completada por Marcelo, após sublime troca de passes – sobre o Paraguai, que pode selar a classificação para a Copa do Mundo. Uma equipe que tem posse de bola, mas não fica no passinho pra cá, passinho pra lá. Gosta do drible, e quanto mais apanha, mais dribla. A segurança coletiva permitiu que o talento de Coutinho e Neymar, apesar de um pênalti perdido, decidissem.


DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO
Um jogo tranquilo, mas não fácil. O Paraguai não mostrou força para atacar, mas conseguiu tirar espaços do Brasil com um time bem compacto e faltoso. Neymar apanhou duas vezes em quatro minutos. Saiu da esquerda para o meio, continuou driblando e atraindo a marcação, tanto que deixaram Coutinho, na direita, no mano a mano. O garoto do Liverpool arrancou, levou para dentro, tabelou com Paulinho e bateu de esquerda, no cantinho.



DESTAQUESEGUNDO TEMPO
Neymar voltou para o gramado sem jamais ter feito um gol no Paraguai, e decidido a mudar a história. Na primeira arrancada, foi derrubado e o árbitro peruano Victor Carillo marcou pênalti. O goleiro Antony Silva defendeu a cobrança do craque. O melhor estava por vir. Numa disparada sensacional pela esquerda, a jato, Neymar deixou dois para trás, invadiu a área e, enfim, colocou o Paraguai na lista de vítimas. O camisa 10 ainda teve um gol anulado por impedimento, mas participou, com Coutinho e Paulinho, do golaço de Marcelo. O Brasil podia ter feito mais. Mas fez a alegria e o orgulho do brasileiro. Nada melhor que isso.


DESTAQUEPÚBLICO E RENDA
44.378 pessoas estiveram na Arena Corinthians e geraram uma renda de R$ 12.323.925,00. É a segunda maior renda da história do futebol brasileiro, atrás apenas da final da Libertadores de 2013, no jogo entre Atlético-MG e Olimpia, no Mineirão.


terça-feira, 28 de março de 2017

Veja como foi: José Patriota empossado para mais um mandato na AMUPE

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB) assumiu hoje mais um mandato a frente da AMUPE (Associação dos Municípios de Pernambuco)

Do blog de Nill Junior 

(Foto: Wellington Júnior)

A solenidade de posse também comemorou os 50 anos de atuação junto aos municípios pernambucanos. A prefeita de Surubim, Ana Célia Farias foi eleita vice presidente e o tesoureiro, João Batista de Triunfo.

Durante toda manhã houve  uma série de reuniões municipalistas, onde foram apresentados aos prefeitos o Projeto União Europeia, atuação da diretoria e do Conselho Deliberativo, e o encaminhamento para a elaboração de um plano de atuação.

O Governador Paulo Câmara, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, o Presidente do TCE, Carlos Porto, o Chefe de Gabinete da Casa Civil João Campos, Antonio Figueira, Secretário da Casa Civil, o Desembargador Bartolomeu Bueno, o Presidente da UVP Josinaldo Barbosa, a ex-prefeita de Arcoverde e ex-presidente da entidade Rosa Barros,  estiveram entre os que integraram a mesa na solenidade.

Pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) participam o Secretário Geral, Eduardo Tabosa e Eduardo Stranz, Consultor da entidade. O Presidente Paulo Ziulkoski alegou questão de agenda ligadas à pauta municipalista e não pôde comparecer.

(Foto: Wellington Júnior)

Do Pajeú, uma representação de prefeitos como o ex-presidente da entidade Luciano Torres, que “passou o bastão” para o atual, se fizeram presentes. A região também foi representada com a participação do poeta Sebastião Dias, convidado para uma apresentação e o ex-prefeito Josete Amaral, que também presidiu a entidade. O Mestre de Cerimônia também é da região, o comunicador Anchieta Santos, da Rádio Pajeú.

Da terra do presidente, Afogados da Ingazeira, uma comitiva formada por 12 vereadores da bancada governista, mais nomes da equipe de governo, parte deles, como Veratânia Moraes e Arthur Belarmino participaram de seminários da entidade durante o dia. O vice-prefeito Alessandro Palmeira também acompanhou a posse.

Um dos momentos mais emocionantes foi a homenagem ao governador Eduardo Campos. Foi em um dos congressos da AMUPE que o ex-governador, morto em um acidente em agosto de 2014, lançou o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal – FEM, tido como a salvação para os municípios do Estado, suporte anual equivalente a uma cota do FPM.

Ao final da solenidade, houve show com As Severinas e Fim de Feira.

José Patriota e o governador do estado de Pernambuco Paulo Câmara (Foto: Wellington Júnior) 


Polícia Federal reconhece que gravou condução de Lula sem autorização de Moro

Cristiano Zanin Martins 
e Valeska Teixeira Zanin Martins

Delegado da Polícia Federal Igor de Paula (Foto: TV Globo)

O delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula reconheceu, na segunda (27), que um oficial gravou ilegalmente as imagens da condução coercitiva do ex-presidente Lula, realizada em 4 de março de 2016. Na ocasião, o juiz Sergio Moro havia determinado expressamente que seria proibido qualquer registro do ex-presidente. A PF, contudo, não só gravou como reproduziu as imagens para atores globais na sede da PF e ainda entregou uma cópia à revista Veja.

Na semana passada, diante da notícia de que as imagens existem e foram repassadas à imprensa, a defesa de Lula entrou com um requerimento solicitando a Moro que impedisse, de ofício, a divulgação do material. Moro, contudo, foi irônico e duvidou da notícia. Disse que se alguém tivesse gravado, as imagens já teriam vindo a público há muito tempo. E que se for o caso, nada pode fazer porque não compete a ele “impor censura” aos meios de comunicação.

Nesta segunda, a defesa de Lula voltou a peticionar “para que os envolvidos se abstenham de qualquer divulgação das imagens gravadas, preservando o sigilo do material. Reitera igualmente que seja apurada a prática de eventuais crimes decorrentes da violação de deveres funcionais pelos agentes públicos, que tinham o dever de preservar o sigilo do material e eventual participação de pessoas relacionadas ao filme, cujos investidores são mantidos em sigilo.”

Igor Romário de Paula é o mesmo delegado que surgiu na imprensa dizendo que o “timing para prender Lula” poderia surgir em 30 ou 60 dias, dependendo da conclusão do inquérito do sítio de Atibaia. Ele é processado pelo ex-presidente.

Abaixo, a nota completa da defesa.

Na última sexta-feira, apresentamos ao Juízo da 13ª. Vara Federal de Curitiba, na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inacio Lula da Silva, sólidos indícios da ocorrência de atos ilícitos em virtude da gravação da sua condução coercitiva no dia 04/03/2016 e, ainda, da disponibilização dessas gravações a terceiros, estranhos às investigações. O delegado federal Igor Romário de Paula reconheceu, nesta data (27/03), ter havido gravações durante a execução da condução coercitiva de Lula, mas nega que tais imagens tenham sido cedidas a terceiros.

A existência das gravações, reconhecidas pela Polícia Federal, já é o suficiente, em princípio, para evidenciar que a decisão do Juízo foi desconsiderada, levando em conta a determinação de não haver gravação “em qualquer hipótese”.

Nossa manifestação também demonstra que houve ampla confissão (ainda que eventualmente involuntária) por parte de pessoas estranhas às investigações que tiveram acesso às gravações realizadas pela PF. Registrou-se que o jornalista Ulisses Campbell publicou o seguinte:

VEJA teve acesso à íntegra da gravação, efetuada por meio de uma câmera digital acoplada ao uniforme de um agente da PF que participou da ação”(edição 8/2/2017). Na mesma linha foram os registros de Gustavo Foster (Zero Hora), Marcelo Antunez (diretor do filme “A lei é para todos”), Tomislav Blazic (produtor do filme), Ary Fontoura (ator escalado para o filme) a diversas publicações.

Perguntado pela revista Veja o que tinha ido fazer na Polícia Federal de Curitiba o ator Ary Fontoura declarou: “Vim sentir o clima da Lava-Jato e assistir às gravações que a PF fez da condução coercitiva do Lula”.

A petição atual reitera os pedidos formulados anteriormente, para que os envolvidos se abstenham de qualquer divulgação das imagens gravadas, preservando o sigilo do material. Reitera igualmente que seja apurada a prática de eventuais crimes decorrentes da violação de deveres funcionais pelos agentes públicos, que tinham o dever de preservar o sigilo do material e eventual participação de pessoas relacionadas ao filme, cujos investidores são mantidos em sigilo.


“PSDB tenta burlar TSE e quer dar golpe em eleição direta”, diz Humberto

Do blog de Nill Junior 
Senador Humberto Sérgio Costa Lima - PT (Foto Internet)

O pedido do PSDB no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que apenas a ex-presidenta Dilma Rousseff seja considerada culpada na ação que os próprios tucanos movem para cassar a chapa Dilma-Temer é, na avaliação do líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), uma tentativa de burlar as regras da Corte e dar um golpe para evitar a realização de eleições presidenciais diretas.
O parlamentar afirmou, nesta terça-feira (28), que a solicitação feita pelos tucanos para isentar Michel Temer (PMDB) de responsabilidade, nas alegações finais apresentadas ao TSE, justamente no momento em que o julgamento do caso se aproxima, é o “escárnio dos escárnios”.
Ele acredita que o governo e os partidos da base têm receio de que uma cassação da chapa vitoriosa de 2014 provoque novas eleições diretas, logo num momento em que Lula vence em todos os cenários para a Presidência, de acordo com as últimas pesquisas de opinião.
“A ordem é buscar urgentemente uma solução para manter o débil Michel Temer no poder para que, trôpego no cargo, ele possa chegar cambaleando até o fim de 2018, refém dos aliados que o querem suceder. Isso é o metagolpe, o golpe dentro do golpe”, disse.
Segundo ele, o PSDB – “que mama avidamente nas largas tetas dessa administração nefasta, que se locupleta das benesses desse governo por meio de extorsão política com olhos em 2018 – desce abaixo da linha da vergonha tentando remendar seu próprio pedido inicial para livrar Temer de uma eventual condenação naquele tribunal. Mas eles perceberam que deram um tiro no pé”, ressaltou.
Para Humberto, há uma mobilização na República, liderada por Temer e seus aliados no Legislativo, Judiciário, Ministério Público e em setores econômicos e na mídia, que se baseia apenas nas conveniências que norteiam os interesses políticos.
Diante de um possível acordão que se trama, o líder da Oposição cobrou atenção da sociedade para o TSE nas próximas semanas. Ele reiterou que a defesa da presidenta Dilma já mostrou que não houve o cometimento de qualquer ilicitude na disputa de 2014.
Segundo ele, que foi o coordenador da campanha presidencial do Nordeste naquele ano, o PT fez uma campanha limpa e auditada por todas as instâncias competentes.
“Portanto, se o TSE entender de forma diversa, que o peso da sua decisão seja para a chapa, que é integrada pelo vice e dela não pode, sob qualquer hipótese, se dissociar. Salvo por um acordão político inaceitável, salvo por um novo golpe que venha para impedir a realização de eleições diretas”, observou.

Recomendação do Ministério Público ao prefeito Sávio Torres sobre o evento Tupã Folia 2017

Recomendação Nº 003/2017 

Aurinilton Leão Carlos Sobrinho
1º Promotor de Justiça Substituto da 3ª Circunscrição Ministerial – Afogados da Ingazeira
Designado para as Promotorias de Justiça de São José do Egito e Tuparetama

 Sávio Torres (PTB) prefeito de Tuparetama-PE (Foto: RodrigoTunú/Mais Tuparetama)

O Ministério Público do Estado de Pernambuco, presentado pelo Promotor de Justiça que esta subscreve, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, contidas no art. 127, caput, e art. 129, caput e incisos, da Constituição da República; art. 6º, inciso XX, da Lei Complementar nº 75, de 1993; arts. 25, incisos IV, alínea “a”, e VIII, e 26, caput e incisos, todos da Lei nº 8.625, de 1993; art. 4º, inciso IV, alínea “a”, e VIII, da Lei Complementar Estadual nº 12, de 1994, alterada pela Lei Complementar Estadual nº 21, de 1998; art. 8°, §1°, da Lei nº 7.347, de 1985; e art. 1º, da Resolução RES-CSMP nº 001/2012, e:

CONSIDERANDO que o Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis (CRFB/1988, art. 127, caput);

CONSIDERANDO ser função institucional do Ministério Público, dentre outras, zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública, bem como efetivar os direitos assegurados na Constituição, promovendo as medidas necessárias a sua garantia (CRFB/1988, art. 129, II);

CONSIDERANDO que incumbe ao Ministério Público a defesa do patrimônio público e social, da moralidade e eficiência administrativas, e de outros interesses difusos e coletivos;

CONSIDERANDO que a recomendação é instrumento destinado à orientação de órgãos públicos ou privados, para que sejam cumpridas normas relativas a direitos e deveres assegurados ou decorrentes das Constituições Federal e Estadual e serviços de relevância pública e social;

CONSIDERANDO que, nos municípios com dificuldades financeiras, que sofrem com a carência de recursos públicos, impõe-se ao administrador o dever de otimizar a alocação de recursos públicos na satisfação das necessidades mais prementes da população, haja vista o princípio da eficiência previsto no do art. 37, da Constituição Republicana;

CONSIDERANDO que aos gestores compete a proteção do chamado “mínimo existencial”, assim compreendido como o núcleo essencial de direitos a permitirem uma existência minimamente digna por parte dos servidores públicos;

CONSIDERANDO que a discricionariedade do administrador não é absoluta, pois as políticas públicas se submetem a controle de constitucionalidade e legalidade, principalmente não se trata efetivamente de uma política pública, mas apenas de uma festa pagã e entretenimento fugaz e passageiro, como gastos em festas carnavalescas ou outras quaisquer;

CONSIDERANDO que o gestor realizar gastos com festas, em estado de emergência e com uma série de deveres por cumprir, dentre os quais a estruturação do Conselho Tutelar, a implementação da política nacional de resíduos sólidos e a aquisição de medicamentos e suprimentos para a área da saúde, tem o potencial de violar o princípio da moralidade administrativa, encartado no art. 37 da Constituição Republicana de 1988, bem como de gerar dano ao erário;

CONSIDERANDO que o Município de Tuparetama, PE, está incluído no Decreto nº 43.605, de 7 de outubro de 2016, que prorroga o reconhecimento da situação anormal, caracterizada como “Situação de Emergência”, nas áreas dos Municípios do Sertão do Estado de Pernambuco afetados por Estiagem, pelo prazo de 180 (cento e oitenta) dias;

CONSIDERANDO ser logicamente incompatíveis a declaração de situação de emergência com o emprego de verbas públicas na contratação de bandas e realização de festas em geral;

CONSIDERANDO a divulgação informal, no último fim de semana, de que o Município de Tuparetama, PE, realizará o Tupã Folia 2017, nos dias 14 e 15 de abril de 2017;

CONSIDERANDO a existência de inúmeros precedentes, por todo o País, de que a realização de festas e eventos costumeiramente é desvirtuada e é usada com fins de promoção pessoal, conduta que, se já é reprovável e proibida pela Constituição (impessoalidade) em condições normais, o é ainda mais quando se está em contexto de situação de emergência causada pela seca;

CONSIDERANDO que o administrador, de qualquer nível ou hierarquia, por força do art. 4º, da Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 8.429, de 1.992), deve respeitar e fazer respeitar o princípio da moralidade administrativa, sob pena de sofrer as sanções da referida lei;

CONSIDERANDO que constitui ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao erário “qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres” pertencentes a entidades públicas, consoante dispõe o artigo 10, caput, da Lei nº 8.429/92, sujeitando-se o infrator às sanções previstas no inciso II do artigo 12, da citada lei;

RESOLVE RECOMENDAR:

1) Ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Constitucional do Município de Tuparetama, PE:

1.1. Abstenha-se, enquanto persistirem os efeitos da situação de emergência declarada por meio do Decreto nº 43.605, de 7 de outubro de 2016, assinado pelo Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de Pernambuco, de realizar despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de “buffets” e montagens de estruturas para eventos, inclusive festas em geral, sob pena de adoção das providências cabíveis por parte desta Promotoria de Justiça, inclusive eventual postulação de atuação preventiva e cautelar à Corte de Contas ou ao Poder Judiciário, com pedido de sustação de atos, contratos e procedimentos administrativos e suspensão do recebimento de novos recursos, sem prejuízo da aplicação de multa ao gestor, além de outras sanções cabíveis;

1.2. Somente realize despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de buffet e montagens de estruturas para eventos no caso de obter verbas do Estado ou da União, oriundas da Secretaria de Cultura Estadual ou FUNDARPE, do Ministério da Cultura ou do Ministério do Turismo, desde que a destinação de tais recursos seja especificamente vinculada à realização de festas ou eventos culturais no município, ressaltando que na hipótese não se aplica o art. 24, inciso IV, da Lei nº 8.666, de 1993, por não se tratar de bem necessário ao atendimento da situação emergencial ou calamitosa. Em tal caso, a documentação relativa à execução do convênio, acompanhada do processo licitatório – inclusive notas fiscais pertinentes –, deve ser encaminhada ao Ministério Público Estadual ou Federal, conforme a origem dos recursos, no prazo de 30 dias após a realização da festa ou evento.

2) Disposições finais:

2.1. Determino, para efetiva divulgação, conhecimento público e cumprimento desta Recomendação:

a) o registro nesta Promotoria de Justiça e no sistema de gestão de autos Arquimedes;
b) a expedição de Ofícios, encaminhando cópias reprográficas:
  • ao Excelentíssimo Senhor Secretário Geral do Ministério Público de Pernambuco, para publicação no Diário Oficial do Estado;
  • ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Constitucional, para conhecimento e cumprimento;
  • ao Excelentíssimo Senhor Vereador Presidente da Câmara Municipal, para conhecimento;
  • à Excelentíssima Senhora Juíza de Direito Comarca de Tuparetama, PE;
  • ao Conselho Superior do Ministério Público e ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público e Social, bem como à Secretaria Geral do Ministério Público, para os fins de direito, inclusive conhecimento e controle;

c) Remeta-se cópia, por mídia digital, aos blogs e rádios locais, para conhecimento público.

2.2. Requisitem-se, desde já, ao Excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de Tuparetama, PE, informações sobre o acatamento da Recomendação, bem como sobre as providências adotadas ao cumprimento desta, a serem prestadas no prazo de 10 (dez) dias.

2.3. Após o decurso do prazo de 10 (dez) dias, com ou sem as respostas, conclusos os autos para nova deliberação, certificando-se.

2.4. Cientifique-se de que o não atendimento à presente Recomendação poderá implicar a adoção das medidas necessárias à sua implementação por este Órgão Ministerial, inclusive no concernente à responsabilização civil e criminal.

Publique-se. Registre-se. Cumpra-se.
Tuparetama, 27 de março de 2017.

Aurinilton Leão Carlos Sobrinho
1º Promotor de Justiça Substituto da 3ª Circunscrição Ministerial – Afogados da Ingazeira
Designado para as Promotorias de Justiça de São José do Egito e Tuparetama



Adutora do Pajeú volta a operar normalmente

Problema resolvido na Adutora do Pajeú e o abastecimento volta a operar normalmente

Eduardo José de Brito
Coordenador De Produção - GNR Alto Pajeú 

Adutora do Pajeú (Foto da Internet) 

A Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) Comunica a População em geral que o sistema da Adutora do Pajeú retornou seu funcionamento normal. Que havia parado devido há um estouramento, que paralisou as cidades Flores, Carnaiba, Quixaba, Tabira, Solidão, Tuparetama, Afogados da Ingazeira, Iguaracy, Ingazeira e os Distritos de Jabitaca e Borborema e redução de vazão em Sao Jose do Egito. 

Porém informo que o sistema de Afogados da Ingazeira, não retornou ao seu funcionamento devido há problemas na Bomba da ETA, mas assim que o problema for resolvido volta a comunicar através dos meios de comunicação.


“Lula foi a liderança”, diz Patriota sobre Transposição

O prefeito de Afogados da Ingazeira, no sertão pernambucano, disse que o ex-presidente teve seu importante papel e que o registro da história comprova

Do Leiajá

(Foto Internet)

O ex-presidente Lula continua repercutindo a sua visita às obras da Transposição do Rio São Francisco, no último dia 19, em Monteiro, na Paraíba, compartilhando matérias e fotos do evento. Dilma Rousseff, utilizando o mesmo gancho, chegou a escrever, na sua página do Facebook, nesse domingo (26), que era a “mãe da Transposição”. Ainda disse que foi em sua gestão que a obra mais avançou: 72%.

O prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), falou que sabe bem a importância da obra no combate à seca. Ele, em conversa com o LeiaJá, criticou o atraso do projeto, mas é esperançoso. “Mas é uma obra necessária que deu certo, que vai dar certo”, enfatizou.

Sobre a briga pela paternidade travada entre Michel Temer (PMDB) e Lula, Patriota exaltou o petista. “Lula foi a liderança que teve seu importante papel. O registro da história está aí. Dilma continuou, depois teve alguns problemas e, agora, com Temer”.

O gestor ressaltou que a disputa é desnecessária já que a obra foi construída com recurso do povo. “Não teve dinheiro dos governos federal, estadual ou municipal. O dinheiro foi da população”.



segunda-feira, 27 de março de 2017

Comunicado da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA)

Eduardo José de Brito 
Coordenador De Produção - GNR Alto Pajeú

(Foto: Ilustrativa)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA)  Comunica a População em geral que desde ás 10hs do dia 26 de Março, o sistema da Adutora do Pajeú está parado devido há um estouramento ocorrido entre a Estação Elevatória 04 e 05 de Serra Talhada para Flores, paralisando as cidades de Flores, Carnaiba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Tabira, Solidão, Tuparetama, Iguaracy, Ingazeira e os Distritos de Jabitaca e Borborema, e redução de vazão em São José do Egito.

Por tal motivo ficará com o abastecimento suspenso com previsão de retorno para o final do dia de hoje, mas assim que o problema for resolvido volta a comunicar através dos meios de comunicação.

A Compesa lamenta o ocorrido e pede desculpas aos seus clientes.



Câmara de Vereadores de Tuparetama realizou Audiência Pública sobre Segurança Pública

Nesta última sexta-feira (24), os vereadores de Tuparetama participou junto  com a população da Audiência Pública que teve como Tema: Segurança Pública

Do blog OEA

Vereadores da Cidade de Tuparetama, Delegado Regional Dr. Jorge Damacedo e o Comandante da PM, Coronel Sá (Foto: OEA)

A audiência foi presidida pelo  Vereador, Danilo Augusto, Presidente da Casa Legislativa, que falou da importância do tema, e da relevante parceria da população com os órgãos de Segurança Pública no combate a criminalidade. 

Estiveram presentes, o Delegado Regional, Dr. Jorge Damaceno e o Coronel Sá, Comandante da Policia Militar.

Tratou-se nesta audiência pública dos constantes crimes ao patrimônio ocorridos na cidade de Tuparetama e região.

Os cidadãos presentes tiveram importante atuação, com inúmeras perguntas as autoridades., questionando o andamento das investigações dos últimos crimes, como também a situação de animais apreendidos com alguns indivíduos na última semana em São José do Egito.

O Delegado de Polícia Seccional ressaltou a importância que os crimes ocorridos sejam comunicados a Polícia, pois só assim poderão iniciar as investigações, como também solicitou da população um maior apoio, passando qualquer informação importante às polícias para que possam efetivamente coibir a criminalidade.

O Comandante da Polícia Militar enfatizou o trabalho ostensivo e preventivo que vem sendo realizado pela PM, embora com efetivo reduzido de policiais.

Também foi tratado dos constantes furtos e roubos a criações na zona rural, o que a Autoridade Policial e o Comandante da PM se comprometeram a está aumentando os esforços contra este tipo de crime como também a responsabilização dos criminosos.

Danilo Augusto, ao finalizar a reunião, disse que outros momentos como este acontecerão, seja para tratar novamente da Segurança Pública, seja para tratar de outros temas, tais como saúde, ação social, entre outros. 

O Dr. Jorge Damaceno, falou sobre o pequeno efetivo de policiais civis, o que prejudica o atendimento nas delegacias, na confecção dos boletins de ocorrência ou na orientação as vítimas de crime, mas também informou que, com a implantação do Boletim Eletrônico, o cidadão pode registrar a ocorrência em qualquer delegacia.

O Coronel Sá, falou da importância do trabalho ostensivo, preventivo, relazado pela Polícia Militar.
Também informou que esteve em reunião com a Cúpula da Segurança Pública, juntamente com o governador e que provavelmente no início do segundo semestre estará recebendo novos policiais que aumentarão o efetivo operacional da Policia MiIlitar em nossa região.

Ao ser questionado pela Vereadora Vandinha, sobre a importância da Guarda Municipal em um município, disse que é extremamente importante para a prevenção da criminalidade como no apoio a Policia Militar.  



A prefeitura de Tuparetama divulga a programação das festividades de emancipação política da cidade

Serão 4 dias de comemorações valorizando os artistas e o trabalho dos tuparetamenses

Fábio Rocha da Assessoria de Comunicação do 
Governo Municipal de Tuparetama

(Foto da Assessoria de Comunicação do Governo Municipal de Tuparetama)

A prefeitura de Tuparetama divulga a programação das festividades de emancipação política da cidade comemorada no dia 11 de março. A abertura vai ser com o lançamento do projeto de adoção de praças “Amigo do Verde”, no sábado (08), às 7h, ao lado da UBS Sede, e com a limpeza simbólica do Rio Pajeú às 7h30. Entre outras atividades vão acontecer nos dias 08, 09, 10 e 11 atrações esportivas, missa do vaqueiro, Balaio Cultural e atividades de cultura desenvolvidas pela prefeitura.

O projeto Amigo do Verde tem “o objetivo de aproximar a população em geral dos cuidados com as praças e áreas verdes da cidade”, lembrou o prefeito Sávio Torres. As comemorações do dia 11 iniciam às 7h com o desfile da banda Paulo Rocha pelas principais ruas da cidade seguido do encontro dos prefeitos do CIMPAJÉU no teatro municipal Manoel Filó às 9h30. À tarde vai ocorrer o encontro de bandas fanfarras às 16h e às 18h corte do bolo, apresentação dos repentistas Valdir Teles e Zé Viola e shows com artistas da terra.

Veja toda a programação abaixo:

Programação das festividades de Emanicipação Política de Tuparetama.

  • Sábado dia 08

7:00 Lançamento do projeto “Amigo do verde” ao lado da UBS sede
7:30 Limpeza simbólica do Rio Pajeú
16:00h Cavalgada da amizade
17:00h Missa do Vaqueiro
21:00h Balaio Cultural

  • Domingo dia 09

06:00h Culto Ecumênico e café da manhã para os idosos na Praça do Ancião em frente ao abrigo dos idosos
12:00 Almoço dos funcionários municipais no Ginásio de esportes
16:00h Partida de futebol entre as seleções da zona urbana e zona rural no Estádio Josias Pessoa

  • Segunda dia 10 

8:00 Lançamento do projeto Feira de Mangaio (Apresentações culturais de artistas da zona rural e urbana no pátio da feira);
- Stands da saúde com ações básicas de prevenção (Beco de dona Tofinha);
- Distribuição de folders sobre a história do município na Casa da Cultura.
17:00h Socialização dos projetos das escolas municipais e estaduais, em frente a Casa da Cultura;
- Entrega símbolo da Casa da Cultura e da biblioteca para a população;
- Apresentações culturais com artistas da terra.

  • Terça dia 11

07:00h Desfile da banda Paulo Rocha pelas principais ruas da cidade
9:30h Encontro dos prefeitos do CIMPAJÉU em homenagem a emancipação política de Tuparetama no teatro municipal Manoel Filó
16:00h encontro de bandas fanfarras
18:00h Apresentação dos repentistas Valdir Teles e Zé Viola
19:00 Corte do bolo
20:00 Shows com  artistas da terra