terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Gonzaga Patriota destaca os 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) destacou os 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Nill Junior

Foto: Divulgação

O parlamentar foi responsável por apresentar a primeira versão do CTB, quando era Secretario Nacional de Trânsito, em 1993.

“Era uma necessidade urgente estabelecer estas normas: em 1992, tínhamos 10 milhões de veículos e morreram 60 mil pessoas em acidentes de trânsito. Mandei uma proposta de Lei ao Presidente da República, que pediu aprovação do Congresso Nacional e, após 4 anos de tramitação, com diversas melhorias, foi aprovada e sancionada a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, esse importante CTB”, destacou o deputado federal.

Dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) revelaram que o Brasil tinha, em abril de 2017, mais de 94 milhões de unidades, incluindo todos os tipos de veículos automotores, como tratores e motos. Em 2015, quase 50 milhões dessas unidades eram carros, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, hoje, somente veículos, carros e motos, já contamos com mais de 60 milhões. Em 2017,48.234 pessoas morreram no trânsito, menos que em 1992, 26 anos atrás.

Atualmente o país aparece em quinto lugar entre os recordistas em mortes no trânsito, atrás da Índia, China, EUA e Rússia. Segundo o Ministério da Saúde, em 2015, foram registrados 37.306 óbitos e 204 mil pessoas ficaram feridas. O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) pagou, em 2015, 42.500 indenizações por morte no país e 515.750 pessoas receberam amparo por invalidez.

“Ainda é um número muito alto; portanto é imprescindível que possamos sensibilizar a sociedade, estudantes e professores, para que se conquiste uma diminuição no sofrimento das famílias despedaçadas pela imprudência de quem não cumpre o CTB”, destacou Gonzaga Patriota.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Lula: “Amanhã vou a Porto Alegre agradecer a solidariedade do povo que está se manifestando”

Ex-presidente recebeu nesta segunda-feira (22) líderes das principais centrais sindicais do país

Mais Tuparetama

Lula com líderes das principais centrais sindicais do país (Foto: Ricardo Stuckert)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o apoio das principais centrais sindicais do país em encontro na sede do Instituto Lula nesta segunda-feira (22). Lula será julgado nesta quarta-feira (23) pelo processo do Triplex no TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4º Região). "Esse julgamento não é contra mim e sim contra o nosso governo. O que eu quero é que façam um julgamento decente e, com base nas provas que eles tem, decretem a minha inocência", avaliou o ex-presidente. 

Durante a reunião, Lula avisou que irá a Porto Alegre nesta terça-feira (23). O ex-presidente, no entanto, deve acompanhar o julgamento em São Paulo."Amanhã vou a Porto Alegre para agradecer a solidariedade do povo que está lá se manifestando. E depois vou aguardar o resultado tranquilamente".

Aos sindicalistas, o ex-presidente defendeu a união das categorias na luta contra o golpe e contra a retirada de direitos do trabalhador brasileiro. "Tem muito fascista nesse país querendo acabar com a representação dos trabalhadores. Jamais achei que eles tivessem a petulância de fazer a reforma do jeito que eles fizeram", alertou.

Anestesia

Para Lula, a população está acordando dos efeitos de uma anestesia provocada pelo processo de impeachment. "Deram uma anestesia no povo. Agora estão acordando e percebendo que a cirurgia foi pior para eles. É preciso fazer uma nova cirurgia que é a eleição direta pra presidência e quem sabe uma nova constituinte. A Constituição já recebeu mais de 105 emendas, o que significa que a Constituição de 88 não existe mais", analisou.

O ex-presidente também voltou a criticar as tentativas de tirá-lo da disputa eleitoral. "Eu nem precisaria ser candidato, já fui presidente. Mas eu não posso ser alijado de uma disputa política porque os que não gostam de mim não querem que eu seja candidato", concluiu. 

Sávio Torres esteve com o Deputado Estadual José Humberto

O prefeito de Tuparetama esteve com o Deputado Estadual José Humberto falando aos munícipes na Rádio Tupã, no sábado (20)

Por Fábio Rocha,
Assessoria do Governo de Tuparetama

Foto: Fábio Rocha

O prefeito Sávio Torres (PTB) esteve com o Deputado Estadual José Humberto (PTB) na Rádio Tupã falando do apoio do deputado ao município. O prefeito iniciou a entrevista agradecendo a José Humberto. “Quero ouvir nosso representante na Assembléia Legislativa e agradecer pelas 2 emendas para manutenção do Hospital”, disse Sávio. O procurador Jonathan Nascimento e o engenheiro Moisés Freitas da prefeitura de Tuparetama também falaram à Rádio Tupã sobre a regularização de loteamentos em Tuparetama.

A regularização de loteamento em Tuparetama foi uma exigência do Ministério Público que travou a liberação de recursos da obra da nova escola municipal no Bairro Bom Jesus. Na semana passada, Sávio visitou esta obra que foi reiniciada com previsão de ser concluída em 90 dias. 

“De fato a escola que está sendo construída ela encontra-se em um loteamento irregular”, disse Moisés, à Rádio Tupã. Estas entrevistas aconteceram no sábado 20 de janeiro de 2018.

Segundo Jonathan, entre os problemas que travaram esta obra estava a questão do terreno ter sido comprado. A lei obriga o dono do loteamento reservar espaços para a prefeitura construir obras de benefício coletivo. 

“O loteamento tem obrigação por lei de doar um terreno para o município”, disse Jonathan. As obras foram retomadas, mas “precisamos 1º regularizar o que não estava certo”, disse Sávio.

A compra do terreno para a obra desta escola foi realizada na gestão do ex-prefeito Deva Pessoa. “E o município, de forma inadequada, pagou por um terreno que já era para ser seu”, disse Moisés. Este citou entre as exigências para um loteamento ser comercializado, o saneamento básico, o laudo do engenheiro e o decreto assinado por o prefeito, entre outros.

“Depois do decreto vamos ao cartório registrar os lotes. Depois dos lotes registrados pode vender? Não”, disse Moisés completando que o dono do loteamento precisa realizar a infraestrutura básica apresentada no laudo de engenharia.

Nesta entrevista, Sávio agradeceu ao deputado por 2 emendas parlamentares destinadas para Tuparetama. Estas emendas foram no valor de R$ 170 mil reais cada uma para manutenção do hospital sendo uma para 2017 e a outra para 2018. Na entrevista, José Humberto falou que Sávio não mede esforços para fazer um bom governo. 

“O que está ao alcance dele, ele sempre fez”, disse o deputado.

Ao falar sobre o Governo Paulo Câmara, José Humberto criticou a saúde pública do estado e a ausência de programas estaduais para apoiar a agricultura e a pecuária em Pernambuco. “A gente percebe que Pernambuco está sem rumo nesta questão”, disse o deputado.

José Humberto disse que para resolver este problema solicitou ao Governo do Estado, em falas na Assembléia Legislativa, a distribuição de sementes de palmas para esta região de Pernambuco.

 “Eu já fiz algumas falas na Assembléia Legislativa para que o governo possa distribuir aqui sementes de palma resistente a cochonilha”, disse José Humberto.



José Humberto visita sertão do Pajeú e se reúne com lideranças políticas de Ingazeira e Iguaracy

Em cumprimento a uma extensa agenda de visitas, o deputado estadual José Humberto (PTB) esteve na última sexta-feira (19), no sertão do Pajeú, onde se reuniu com aliados

Mais Tuparetama

Foto: Divulgação

A primeira visita do parlamentar foi no município de Ingazeira, onde se reuniu com Mário Viana e os vereadores Aglailson e Dorneles, além de Chico Bandeira e a ex-vice-prefeita Beta de Santa Rosa. “A nossa visita em Ingazeira tem por objetivo reiterar o nosso compromisso com o município através de Mário Viana, vereadores e demais lideranças as quais me reunir. Nessas conversas pude recolher informações importantes que servirão como subsídio no trabalho que tenho desenvolvido na ALEPE”, disse José Humberto.

De lá o deputado seguiu para o município de Iguaracy, onde prestigiou as festividades em homenagem a São Sebastião ao lado do ex-prefeito Francisco Dessoles e da ex-primeira dama Verinha Veras, além dos vereadores Neguinho de Irajaí e Manoel Olímpio e do suplente Amaury Torres.

Com uma base política bastante consolidada no Agreste Setentrional, Região Metropolitana e Zonas da Mata Norte e Sul, José Humberto tem conseguido ampliar o seu raio de influência também no Sertão do Pajeú, região onde já possui o apoio consolidado de lideranças nos municípios de Ingazeira, Iguaracy e Tuparetama.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

José Humberto deve ampliar base de apoio em mais uma passagem pelo Pajeú

José Humberto Cavalcanti  foi reeleito para o seu terceiro mandato, com 43.903 votos

Mais Tuparetama

Foto: Divulgação 

O deputado estadual José Humberto (PTB) tem aproveitado o período de recesso parlamentar para intensificar sua agenda de visitas no interior do estado. Nesta sexta-feira (19) o parlamentar iniciou mais uma maratona de compromissos, desta vez em municípios do Sertão do Pajeú, onde possui uma sólida base de aliados.

A primeira parada do parlamentar ocorreu no município de Afogados da Ingazeira, onde ao lado de seu aliado Mário Viana, liderança política de maior expressão da oposição no município de Ingazeira, concedeu entrevista ao comunicador Aldo Vidal, no programa Manhã Total, da Rádio Pajeú. 

“Ao longo do meu mandato tenho percorrido vários municípios do estado, sobretudo àqueles onde já possuímos apoio. Estas visitas têm servido não só para o recolhimento  de subsídios para o desenvolvimento do nosso trabalho na Assembleia Legislativa, como também para a ampliação da nossa base política”, destacou o parlamentar que nesta noite seguiu para o município de Iguaracy para prestigiar a festa de São Sebastião ao lado do ex-prefeito Francisco Dessoles.

Em sua passagem pelo Pajeú, José Humberto ainda cumprirá agenda no município de Tuparetama, onde conta com o apoio do prefeito Sávio Torres e do vereador Valmir Tunú, e deverá se reunir com lideranças de outros municípios.

Esqueleto de suposto animal pré-histórico é encontrado no Sertão do Pajeú

Ossos foram encontrados durante a escavação da Prefeitura de Itapetim

Mais Pajeú 

Foto: Divulgação / Mais Pajeú 

Mais um esqueleto de provável animal pré- histórico foi encontrado no Sítio Cacimba Salgada, na zona rural de Itapetim, no Sertão do Pajeú pernambucano. O fóssil foi descoberto nesta quarta-feira (17) dentro de um tanque, durante a escavação do reservatório por uma retroescavadeira da Prefeitura.

O local da descoberta fica localizado na propriedade do Senhor Bata Freitas.

No dia 06 de novembro do ano passado, uma ossada semelhante foi encontrada pelo agricultor Paulo Eleutério, também durante a escavação de um tanque a poucos quilômetros do achado desta quarta-feira.

A Prefeitura e a Secretaria de Cultura de Itapetim aguardam a vinda de pesquisadores para a realização de estudos e descobertas das espécies.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

O secretário de Agricultura de Tuparetama, Paulo informa sobre o pagamento do Seguro-Safra 2016/2017

A prefeitura de Tuparetama informa aos agricultores sobre o pagamento do Seguro-Safra 2016/2017

Por Fábio Rocha,
Assessoria do governo de Tuparetama

Foto: Fábio Rocha

A prefeitura de Tuparetama através da Secretaria de Agricultura do Município está com a lista dos agricultores aptos a receberem a 1º parcela do Seguro-Safra 2016/2017. "A relação dos agricultores que estão na folha do pagamento de janeiro está na secretaria de agricultura", disse o secretário de Agricultura de Tuparetama, Paulo de Souza. Este Seguro-Safra é pago de acordo com o calendário de pagamento do Programa Bolsa Família.

O município de Tuparetama tem 434 agricultores que vão receber do Seguro-Safra 2016/2017 o valor de R$ 850,00 divididos em 5 parcelas de R$ 170,00 sendo a 1º parcela paga no dia 20 de janeiro. O agricultor pode receber este Seguro-Safra em qualquer agência lotérica ou bancária da Caixa Econômica Federal. A Secretaria de Agricultura de Tuparetama fica no prédio da Prefeitura Municipal de Tuparetama.

Segundo Paulo, a prefeitura de Tuparetama pagou R$ 23.205,00 mil reais de Seguro-Safra 2016/2017. Mas apenas agora a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Saed) do Governo Federal resolveu fazer o pagamento que deveria ter acontecido desde agosto de 2017. “Apenas agora o Saed iniciou o pagamento”, disse Paulo.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Eleições 2018: a saída não é pelo judiciário

Mariana Teles é sertaneja, advogada e poetisa

Mais Tuparetama

Mariana Teles (Foto: Divulgação)

O clima político no país nunca foi tão tóxico, pelo menos na história recente da república. 2018 já começou ligando o start das eleições presidenciais - um desfile de extremismos que nos empurra ao pior dos abismos democráticos - 

A comunicação dos subsistemas sociais, o jurídico e o político, legou ao processo democrático uma ruptura absurda - nem precisa de formação jurídica para compreender o subterfúgio político do impeachment da Presidenta Dilma - de lá pra cá, uma sucessão de absurdos ainda piores, para não estender essa reflexão em JBS, áudio de Jucá, áudio de Aécio, de Temer, e o montante de gravações e delações que por si só justificam os reais interesses do afastamento da presidenta.

Dilma, como toda a era PT, de fato protagonizou uma sequencia de erros políticos - que em qualquer república que não seja contaminada pela quantidade absurda de gângster que representa a larga maioria do nosso parlamento - seriam erros de se punir legitimamente nas urnas. Só o processo político pode corrigir os erros políticos.

Mas aí o congresso quis, o judiciário legitimou e depois Temer inventou outro nome para pedalada fiscal e deixou até de ser crime de responsabilidade.

Hoje a pauta da vez é Lula e Bolsonaro. Nada pode denunciar tanto a nossa ausência de opções que decidir entre essas possibilidades. Bolsonaro é a tradução mais legítima do vazio político brasileiro. É quando a gente procura de verdade um botão para reiniciar a república. Um absurdo político que denuncia a fragilidade da nossa capacidade de escolha e imaturidade do nosso eleitor.

Lula é um divisor de águas na nossa história democrática. É impossível não reconhecer o salto que o país deu em tantos segmentos, sobretudo a economia e a educação sob a batuta do pernambucano de São Bernado. Mas isso tudo anda longe de ser um salvo conduto para todos os vícios de corrupção da era petista - vícios que andam longe de ser exclusividade do PT - são inerentes ao sistema de sustentação política do poder que acontece desde a câmara de vereadores de um município de 3 mil habitantes no interior do nordeste - às casas do poder do planalto central - é a lei da sobrevivência - precisa não só ser punida, mas principalmente modificada - 

O julgamento do caso do triplex se aproxima, o clima de ódio extremo e amor extremo aumenta na mesma proporção - volto a falar dos elementos jurídicos, é impossível e improvável (nem precisa ser jurista para concordar) que os elementos probatórios desse processo em nada assinalam a culpa de Lula. Foge de todo postulado do senso comum e jurídico que na sombra da dúvida, o benefício da inocência. Não obstante, em recente decisão de outro processo contra a empreiteira,  o imóvel entrou na relação de bens dela (não de Lula) para leilão. Detalhe, além da ausência inequívoca de qualquer registro ou certidão do imóvel que afirme a propriedade de Lula, o próprio judiciário, em decisão de outro caso, coloca o bem mais questionado e investigado na história processual brasileira como propriedade da empreiteira, ao tempo que autoriza o seu penhor em face da OAS.

Não é o judiciário que vai restaurar a política. Somente a política pode restaurar, inclusive o judiciário, e essa responsabilidade não pode ser delegada ao ministério público e aos demais órgãos de fiscalização e controle. TODAS essas instituições são de relevância ímpar para o equilíbrio democrático, desde que cumpram com limites sociais e jurídicos suas atribuições. 

Quem pode restaurar tudo isso somos nós, eu e você, e temos data marcada para mudar a engrenagem, trocar o óleo do motor e revisar toda a suspensão do país. A oficina é a urna eletrônica. A ferramenta é o voto. Os mecânicos somos nós. 

Buscar saída política em medidas jurídicas deve ser exceção. O judiciário precisa de ativismo quando a política e os governos falem, mas ativismo de juiz não pode substituir a força inexorável do voto. Essa força é nossa. Somos convocados em outubro não para bater panelas e piorar a situação. Mas para escolher um parlamento menos investigado e corrompido que o atual e um chefe de estado que de fato renove nossa esperança no país.

Por fim, já dizia uma amiga minha: voltar com o ex nunca deixou de ser prejuízo, ele volta com os mesmos vícios e muito mais rodado. Mas é necessário acrescentar - MUITO PIOR  que voltar com o ex é correr o risco de escolher um próximo pelo menos parecido com BOLSONARO.



terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A prefeitura de Tuparetama está realizando a renovação do cadastro para Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

A política traz benefícios para quem recebe os alimentos e para quem vende. Programa de Aquisição dos Produtos da Agricultura Familiar

Por Fábio Rocha, 
Assessoria do Governo de Tuparetama

Foto: Divulgação

A prefeitura de Tuparetama através da Secretaria de Educação do Município está realizando a renovação do cadastro dos participantes do Programa de Aquisição dos Produtos da Agricultura Familiar. A renovação deste cadastro é necessária para o agricultor familiar participar da chamada pública para fornecer alimentos para as 5 escolas municipais. A renovação teve iniciou no dia 8 de janeiro e vai encerrar no dia 29 de janeiro.

O produtor familiar pode renovar o cadastro do programa de Aquisição dos produtos da Agricultura Familiar na Secretaria de Educação de Tuparetama, de segunda-feira à sexta-feira, das 8hs às 16hs, na Rua Santa Cecília, S/N, no Bairro do Centro. O agricultor vai poder fornecer apenas “frutas, verduras, carne caprina, bovina e galinha caipira”, disse a nutricionista da Secretaria de Educação de Tuapretama, Luana Rodrigues.

O agricultor deve apresentar para a renovação do cadastro CFP, RG, Declaração de Aptidão (DAP) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), comprovante de residência e comprovante de conta corrente em qualquer banco. O Programa de Aquisição dos Produtos da Agricultura Familiar é do governo federal.

José Humberto visita Condado e Goiana

O deputado estadual José Humberto (PTB) cumpriu na manhã desta segunda-feira (15) uma agenda de encontros com lideranças políticas da Mata Norte e Região Metropolitana

Mais Tuparetama

Foto: Divulgação

A primeira parada do parlamentar foi em Condado, onde foi recebido pelo prefeito Cassiano (PTB), vereadores, e secretários municipais e aproveitou a oportunidade para conceder uma entrevista à rádio Goiana FM e renovar o seu compromisso com o município. “Como representante de Condado na Assembleia Legislativa de Pernambuco tenho tido a responsabilidade de realizar um mandato participativo, para isto sempre procuro visitar o município para ouvir do nosso amigo Cassiano as demandas locais e assim repercuti-las na Tribuna da Alepe e leva-las aos órgãos responsáveis cobrando providências”, disse o parlamentar que também destacou o que tem enviado recursos para o município por meio de emendas. Na passagem de José Humberto por Condado também estiveram presentes o senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito interino de Goiana, Eduardo Honório, ambos do MDB.

De lá, José Humberto seguiu para o município de Goiana, na Região Metropolitana, onde se reuniu com os vereadores Josemar Leite (PTB) e Bruno Salsa (DEM). O encontro aconteceu no tradicional restaurante Buraco da Gia. “Manter um canal direto de interlocução com representantes da população é uma das prioridades do nosso mandato. Josemar Leite e Bruno Salsa representam bem este perfil, pois são duas lideranças que possuem grandes serviços prestados à população goianense”, registrou.