Tuparetama




Tuparetama é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Administrativamente, o município é composto pelos distritos-sede e Santa Rita. A palavra Tuparetama é de origem tupi-guarani e, segundo Silveira Bueno, significa a pátria de Deus, o céu. De 'tupã': Deus; e 'retama': lugar natal, pátria.

História


A cidade se localiza no Alto Sertão do Pajeú, cortado pelo rio de mesmo nome. Começou chamando-se Bom Jesus, posteriormente Tupã, e finalmente Tuparetama.

Segundo a tradição oral, o povoado foi crescendo a partir da primeira feira livre, realizada em 1889. A capela dedicada a Bom Jesus foi construída em 1910, que deu nome ao povoado. Em 1938, foi elevada à categoria de vila, denominada Tupã, pertencente ao município de Tabira. Nesta época, era costume nomear cidades e povoados com nomes indígenas. Daí a troca do nome Bom Jesus por Tupã, que era a entidade divina dos índios tupis. Entretanto, em 1943, o nome foi alterado para Tuparetama ("terra de Deus"), por haver uma cidade no Estado de São Paulo com o nome de 'Tupã'.  

A emancipação política do município veio em 31 de dezembro de 1958 a Lei Estadual nº 3.332 criou o município de Tuparetama, desmembrando o seu território do município de Tabira que, por sua vez, tinha sido anteriormente desmembrado de Afogados da Ingazeira. A sua instalação ocorreu em 11 de abril de 1962 com a nomeação de João Tunú da Costa 1º Prefeito de Tuparetama. Nas primeiras eleições municipais, Severino Souto de Siqueira foi o 1º Prefeito  eleito.

A cidade é tida como pacata e já foi muito arborizada. Em 5 de junho de 2017 a Assembleia Legislativa de Pernambuco concedeu à cidade de Tuparetama o título de Princesinha do Pajeú. O título foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco sob a lei nº 16.105. A proposição é de autoria do Deputado Estadual José Humberto Cavalcanti (PTB-PE).





Geografia



Localiza-se a uma latitude 07º36'08" sul e a uma longitude 37º18'41" oeste, estando a uma altitude de 560 metros. Sua população estimada em 2007 era de 8 257 habitantes.

Possui uma área de 186 km² segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Cultura



Havia muitos grupos culturais na cidade, que se destacavam mais fora do que dentro dela e que eram os responsáveis por levar o nome de Tuparetama para todo o Brasil. Um exemplo era a CDPT (Companhia de Danças Populares de Tuparetama), que tinha um espetáculo chamado "Dançando nas Alturas" - espetáculo de dança em pernas de pau executada por jovens da cidade.

A cidade ainda conta com uma enorme quantidade de músicos, devido a existência da Banda Paulo Rocha. O nome é uma homenagem ao Maestro e um dos maiores músicos da cidade. Tuparetama também tem grupos de forró, como "Acorde Matuto", "Galego do Pajeú", "Rimas em Canto", Zé Doidim, "Adelmo Aguiar & Denilson Nunes" e "Vozes do Forró". Em outras épocas havia grupos de teatro, como os "Teóphilos". Tuparetama já foi um centro de efervescência cultural, mas, devido à falta de investimentos nessa área, passa por um longo e difícil período, mas aos poucos vem recuperando seus status de cidade cultural, com eventos mensais como "Balaio Cultual" que hoje é o maior evento cultural do pajeú, e acontece mensalmente sempre no primeiro sábado do mês.

Tuparetama tem um dos melhores São Pedro do pajeú, festas do padroeiro e de São Pedro ainda possui um público razoável, e o "Tupã Folia". 

Gestão Municipal 2017-2020




Prefeito: DOMINGOS SÁVIO DA COSTA TORRES (PTB)
Vice-prefeito: SEBASTIÃO NUNES DE SALES (Tanta) - (PTB)

Endereço da Prefeitura Municipal de TUPARETAMA: Av. Central s/n CEP: 56.760-000 Fone: (87) 3828 1156/1369 Fax: (87) 3828 1156

Legislatura 2017-2020




Linha do Tempo


População






Trabalho e Rendimento 


Em 2016, o salário médio mensal era de 1.5 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 8.5%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 144 de 185 e 57 de 185, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 4645 de 5570 e 3664 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 45.3% da população nessas condições, o que o colocava na posição 160 de 185 dentre as cidades do estado e na posição 2107 de 5570 dentre as cidades do Brasil.



Educação

Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 6.3 no IDEB. Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 4.8. Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 3 de 185. Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 8 de 185. A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 98.6 em 2010. Isso posicionava o município na posição 7 de 185 dentre as cidades do estado e na posição 1139 de 5570 dentre as cidades do Brasil.


Saúde


A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 8.4 para 1.000 nascidos vivos. As internações devido a diarreias são de 0.1 para cada 1.000 habitantes. Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 140 de 185 e 178 de 185, respectivamente. Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 3586 de 5570 e 4734 de 5570, respectivamente.



Território e Ambiente


Apresenta 59.5% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 92.7% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 23.6% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 38 de 185, 11 de 185 e 17 de 185, respectivamente. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 1836 de 5570, 1212 de 5570 e 1604 de 5570, respectivamente.


Rádios


Rádio Comunitária Bom Jesus FM (87.9 MHz)
Rádio Comunitária Tupã FM (104.9 MHz)

Cultura Hino de Tuparetama


Terra amada, cidade alvissareira 

és a grande promessa do amanhã. 
Aclamada por teu povo, altaneira 
berço amigo, és filha de Tupã.

Tua História de estória tão singela
tem começo na casa original 
da mãe preta, a negra Manoela
que abençoa do céu o teu fanal. 

Tuparetama, brilhará o teu nome na história
Cantaremos bem alto teu progresso 
Proclamando pra sempre a tua glória!

Dedicada tu foste ao Bom Jesus
O teu nome primeiro consagrado. 
Elevamos no morro esta cruz 
Onde fica a lembrança do passado. 

Os teus campos de verde cobrirás 
Os teus rios serão abençoados. 
No futuro em breve tu serás 
deste vale um pedaço decantado. 


Letra: Maria Salete de Menezes Torres e Pedro Torres Tunu
Música: Salete Menezes















Nenhum comentário:

Postar um comentário